quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Para Francisco

Ontem fui com a Taissa ao lançamento de "Para Francisco" - o livro inspirado no blog de mesmo nome. Sempre pensei em colocar o Para Francisco no meu blogroll aqui do lado, mas quando lia o título que dei à seção - Maluquices Diversas - acabava chegando à conclusão de que não era bem isso, porque não se trata de mais uma maluquice, mas de uma história de amor. Uma história de gente que ama e sofre, e continua amando ainda mais.

O blog traz a história da Cris Pequena, do Gui, e do (Fran)Cisco. Cris e Gui se amavam, e amavam também aquele cisco de gente que se preparava dentro dela para vir ao mundo. Mas, um dia, o Gui foi embora desse mundo para sempre, para nunca mais, e deixou aqui os dois, Cris e Cisco, meio perdidos. E ela, para poder viver com essa dor, e para poder apresentar ao Francisco o pai que ele não veria, começou a escrever.

Com uma história assim, seria fácil cair na pieguice ou na melancolia, mas não tem nada disso. Os textos são lindos, delicados, cheios de dor, de amor, e de alegria. Alegria pelo que passou e pelo que vem acontecendo. Uma vontade de viver e de amar que chega a assustar a gente que vive meio sem pensar.

A princípio, seria uma história difícil de se identificar. Eu, por exemplo, não tenho filhos, nunca perdi para sempre alguém que amasse muito (além do Gui, a Cris já tinha perdido o pai, a mãe, e avó querida), não senti na pele essa dor. Mas não precisa de nada disso. Basta ser gente, e amar, para se emocionar com o que está escrito ali.

Conheci a Cris ao vivo ontem, e ela é tão linda e delicada quanto o que escreve. Uma fila enooooorme, e ela, lá no final, assinando cada livro, sorrindo, batendo papo, abraçando.

Comecei a ler o livro assim que cheguei em casa, e mesmo já conhecendo boa parte dos textos do blog, chorei de novo como se fosse a primeira vez. Para quem ainda não conhece, o livro é uma boa forma de entrar em contato com essa história, e depois mergulhar no blog, que ela continua escrevendo, sempre com posts lindos.

4 comentários:

Ventania disse...

Ai, que bom que foi! Ótimo saber que tava lotado. Estava torcendo muito para dar tudo certo certíssimo neste lançamento. Meu livro ainda não chegou... chuifi...

Paula disse...

Queridinha, tinha lhe perguntado sobre o lançamento e você me mandou correndo pra cá. Não acessei meu Google Reader ontem, por isso não vi.

Eu já tinha comentado isso com um amiga outro dia. Isso da Cris viver uma história que, com certeza, é comum, mas que ela conseguiu torná-la única. E você acerta ainda quando diz que mesmo quem não experimentou dor semelhante também perde o equilíbrio. E chora. Muito.

Fico feliz em saber que ela é graciosa e delicada como sempre imaginei que fosse. Espero que o lançamento em São Paulo tenha o mesmo resultado feliz!

Um beijinho!

Zíngara disse...

OBRIGADA PELA DICA, não conhecia o blog e agora vou ficar mais atenta.

Histórias assim nos enchem de entusiasmo, sinceramente!

Beijos,
Zíngara

Cofre de Artesanías disse...

hermoso blog
feliz año desde argentina.
entre por celina

un saludo
giuliana